Bandeiras-CAEP

We put learning to work!

united-states

DES-embarque pós intercâmbio = DESafios para jovem profissional do Agro!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email

Intercâmbio, o que você pensa primeiro?
Medo de chegar em um novo lugar, possíveis dificuldades de adaptação, alimentação e língua, certo?
Um processo normal que sabemos que nossos jovens intercambistas enfrentam e por isso fazemos questão de dar todo apoio para este momento em solos internacionais.

Mas, você sabia que existe também uma síndrome da volta para o país de origem?
O que ameniza esses sintomas são os preparos pré-embarque. Na verdade são quase que os mesmos cuidados realizados antes da ida, mas que facilmente são esquecidos de serem realizados antes da volta, já que o intercambista está voltando para o conforto de casa.

Fazendo um paralelo com o mundo de viagens (que verdadeiramente entendemos por aqui), preparar a volta para casa funciona exatamente como os procedimentos de aterrissagem de um avião: o comandante precisa avisar a tripulação e passageiros sobre as condições climáticas, tempo de voo e passar as primeiras orientações para o desembarque em terra.

A volta do intercambista também precisa de apoio, acolhimento da família e algumas vezes suporte psicológico. Depois de algum tempo fora do país e de casa é preciso preparar a mente para a realidade da cidade de origem e ainda somar os novos desafios que serão descobertos junto com a abertura das malas na tão desejada chegada em casa.

Recentemente a CAEP promoveu no Instagram uma pergunta para os intercambistas sobre as principais desafios pós intercâmbio, veja os principais respostas:

1-Dificuldade de readaptação na cidade de origem
2-Insegurança para transitar na rua
3-Desafios para encontrar o emprego ideal

Após 20 anos no Brasil e apoiando milhares de intercambistas e inclusive ajudando na conexão com empresas do setor, escolhemos 4 dicas de ouro para compartilhar com você:

1- Atualize seu currículo!
Adicione no seu currículo a experiência internacional, habilidades desenvolvidas no exteriores e seu nível de línguas estrangeiras.

2-Defina sua área de atuação!
Avalie suas vivências, habilidades e decida quais são suas áreas de interesse para atuar profissionalmente. Vale considerar também quais empresas, cargos e cidades podem te oferecer o que você procura.

3-Network é o diferencial!
Resgate sua lista de contatos, amigos da universidade, professores e profissionais do mercado. Importante: atualize seu Linkedin, rede social exclusiva para contatos profissionais. Assim que o fizer faça uma primeira postagem contando sobre suas experiências e aspirações profissionais.
Dica: siga a CAEP Brasil também no LinkedIn 😉

4-Seja assertivo em suas buscas.
O agronegócio tem muitas particularidades de atuação, procure empresas de recrutamento e seleção focadas no setor, isso te ajudará a encontrar um posição de forma mais assertiva e ágil.

Dica2: Fique de olho nos posts da CAEP, somos excelentes em conectar nossos alunos intercambistas com as empresas do setor.

Boa viagem, bom retorno e bom trabalho!



Nossas
Afiliações:
abag
atoi
logo-rodape

Telefone: +55 11 3147-3688
Av. Paulista, 1471, 7º andar, São Paulo, SP
112 E. Lincoln Ave. – Fergus Falls, MN, EUA
caep@caep.com.br

Open chat
Como te ajudamos hoje?
Fale com um Especialista CAEP.