Faq

  • Perguntas e respostas 2017

    01. Melhores períodos

    Quando deve me inscrever?

    Austrália: Outubro – abril..

    Canadá, Novembro

    EUA: Setembro – Janeiro (Equinos, suínos, Enologia e apicultura: ano todo)

    Holanda: Outubro-Novembro

    Nova Zelandia: Abril

    Posso fazer intercâmbio agrícola no período de férias na Faculdade, meses de Dez, Jan e Fev?

    Não. Alguns países na Europa até oferecem intercâmbio agrícolas de apenas 3 meses, porém este período é de Inverno.

    Qual o melhor período para intercâmbio agrícola nos EUA?

    Geralmente logo após o inverno, meses de março até outubro. Este melhor período vale para todos os paises do hemisfério norte, onde o inverno é o oposto do Brasil.

    Qual é o tempo mínimo de permanecia?

    Dependendo do país e a área de interesse é de 3 meses. Em média cada programa tem um período pré-estabelecido.

    Termino minhas matérias em julho, quando posso ir?

    Você pode e deve se inscrever com antecedência de 120 a 150 dias. Assim terá tempo suficiente de enviar sua documentação (application form), se programando para a data que pretende viajar.

     

    02. A entrevista

    Quando é feita a entrevista?

    Somente depois de o candidato se inscrever no site e preencher o application form. A CAEP entrará em contato por e-mail para agendar data e hora.

    Para que serve a entrevista?

    A entrevista tem o objetivo principal, avaliar o inglês do candidato, mas também tem a finalidade informativa, tanto para o candidato a intercâmbio agrícola como para a CAEP. Estar bem informado sobre o funcionamento do intercâmbio é de fundamental importância.

    Quanto tempo dura a entrevista?

    Em média 20 a 30 minutos.

    Como é o processo da entrevista?

    Na entrevista são feitas algumas perguntas pessoais e profissionais. E também é testado o nível de Inglês através de teste oral – conversação.

    A entrevista é difícil?

    Não, desde que o aluno esteja preparado.

     

    03. Nível de Inglês

    Como é o teste de inglês?

    O teste de inglês é na maioria das vezes oral, onde são feitas algumas perguntas para ver se o candidato tem realmente condições de se comunicar em inglês.

    Nunca estudei em escola de Inglês, somente no ensino fundamental e médio, serei aprovado?

    Não. A maior dificuldade de quem nunca estudou em uma escola de Inglês está na comunicação (conversação). Sem conversação os intercambistas têm muita dificuldade ao iniciar os intercâmbio agrícolas no exterior.

    Fui aprovado, devo continuar estudando?

    Depois, sim. Depende da capacidade de comunicação que o candidato mostrar no teste.

    Já houve caso de o intercambista ser demitido da fazenda por inglês fraco?

    Sim. Se a comunicação com o fazendeiro for insuficiente, ele pode requerer outro intercambista.

    Que tipo de fazenda exige mais inglês?

    Geralmente as fazendas com produção de grãos. A comunicação é feita por rádios entre tratores, colheitadeiras, caminhões e isto dificulta muito se o nível de entendimento da língua inglesa não for bom.

    Meu Inglês é intermediário, serei aprovado?

    Sim. Desde que o seu nível de conversação seja suficiente para conseguir se comunicar em Inglês.

    Comecei um curso de Inglês no 2º semestre (Agosto) posso me aplicar para viajar em Março do ano seguinte?

    Para ter um bom nível de inglês seria necessário no mínimo um ano estudando em uma escola de Inglês. Para saber se realmente você tem condições de participar somente enviando seus documentos e fazendo a entrevista.

    Se eu for reprovado na entrevista de Inglês, em quanto tempo poderei refazê-la?

    O entrevistador irá lhe dizer em quanto tempo você pode se reaplicar.

    Qual o nível de Inglês ideal?

    Intermediário e avançado. Comunicação é essencial para o sucesso de qualquer programa de intercâmbio. Quanto maior o nível de comunicação em inglês, melhor será o desempenho durante o intercâmbio agrícola.

     

    04. Curso de Inglês no exterior

    Meu principal objetivo é aprender inglês, posso participar?

    Não. O foco do intercâmbio agrícola é o aperfeiçoamento técnico.

    Sou graduando em Agronomia. Quero fazer o intercâmbio agrícola para também aprender inglês!

    Se você quer fazer o intercâmbio CAEP somente para aprender inglês, não recomendamos.

    Tem como fazer um curso de Inglês junto com o intercâmbio agrícola no exterior?

    Depende. Se a localização do seu intercâmbio agrícola for favorável e você tiver condições de frequentar aulas em uma escola próxima, sim. Esta condição não dará para saber antes de chegar à fazenda.

     

    05. Processo de seleção

    Como funciona o processo de seleção?

    Para participar o candidato deve ter os requisitos exigidos, como estar na idade adequada, ter experiências práticas, interesse com a área rural e nível de Inglês requerido pela área de interesse.

    Existe um número de vagas por ano?

    Não. Existem vagas disponíveis de acordo com o número de interessados, desde que qualificados.

    Se tiver muitos candidatos, poderá ter dificuldade de encontrar uma vaga?

    Sim. Quando temos muitos candidatos acabamos demorando mais tempo para encontrar uma vaga. Em conseqüência serão feitas as colocações dos candidatos considerados mais qualificados, com maior nível de inglês e experiência pratica na área de interesse.

    Posso ter o processo negado, depois de ser aprovado no Brasil?

    Sim. Lembramos que a aprovação no Brasil representa mais de 90% de chances de concretizar o intercâmbio agrícola. Mas a colocação depende dos coordenadores no exterior, disponibilidade de vaga e estar no período adequado com a cultura agrícola.

    Preciso estar cursando uma Universidade ou Curso Agrícola?

    Não necessariamente. Você pode estar cursando Administração, por exemplo, e ter experiências agrícolas. Mas para participar são analisados os reais interesses com o setor agropecuário.

     

    06. Documentos

    A CAEP é responsável pela emissão do meu passaporte?

    Não. O processo do passaporte é feito todo pelo aluno.

    Quanto tempo leva para fazer o passaporte?

    Depende. Pode variar de 2-3 dias até 2 meses.

    Posso fazer o passaporte somente depois de saber se fui aprovado no intercâmbjo?

    Não.

    É obrigatório fazer a PID?

    Não. Mas se por um acaso você quiser dirigir nos EUA, terá que ter a PID em mãos. Alguns fazendeiros exigem a PID, mas isso será informado com a chegada da confirmação da colocação.

     

    Países

     

    07. Austrália

    Estou na Nova Zelândia estudando inglês e quero fazer um intercâmbio agrícola na Austrália, como faço para participar?

    A maioria das etapas do processo seletivo para o intercambio agrícola podem ser realizadas de outros países, porém, o processo de visto deve ser feito no BR. Neste caso, você pode enviar seu formulário de aplicação (application form) de outro país, desde que esteja retornando ao Brasil em breve.

    Como é um intercâmbio agrícola de agricultura na Austrália?

    As formas de trabalho são parecidas em qualquer país. A diferença está na cultura de cada país e só participando dos intercâmbio agrícolas na prática, para conhecer melhor.

    Porque o intercâmbio para a Austrália não é possível de parcelamento como nos EUA?

    Infelizmente somente para os EUA o parcelamento é permitido, devido um acordo quando o Dólar Americano estava muito alto comparado ao Real Brasileiro. A CAEP no Brasil já solicitou aos demais países para um mesmo acordo, mas não é possível, visto que os programas de intercâmbio necessitam receber os valores das taxas para manutenção da organização antes do candidato iniciar o seu intercâmbio agrícola.

    Quais as áreas de atuação para intercâmbio agrícola na Australia?

    Agricultura (geralmente fazendas mistas) Bovinocultura de leite e corte.

     

    08. Israel

    É possível passar mais tempo em Israel, mesmo depois do intercâmbio?

    Não. Depois de vencido o seu prazo de permanência no Kibbutz, você deve deixar o país.

    Posso estudar em alguma universidade em Israel no período do intercâmbio?

    Não. Você receberá visto de voluntário para trabalhar no Kibbutz.

    Depois de terminado os trabalhos no Kibbutz, posso estudar em uma Universidade?

    Depende. Você poderá contatar alguma Universidade e ver os procedimentos, principalmente de visto. O CAEP não auxilia nesse processo.

    Posso estudar Hebraico durante os trabalhos no Kibbutz?

    Depende. Se você tiver a oportunidade durante os trabalhos de freqüentar aulas, sim.

    Se eu for para Israel que tipos de trabalhos vou fazer?

    Agricultura, serviços sociais, indústria ou  turismo. Ao chegar a Israel você escolhe qual tipo de Kibbutz deseja ir.

    Não estou no Brasil e gostaria de ir para Israel, é possível?

    Sim. Você deve fazer o pagamento das taxas ao CAEP, enviar cópia do exame médico, cópia do seu passaporte e formulário preenchido. Em seguida você irá receber as instruções de como proceder ao chegar a Israel.

     

    09. Holanda

    Quero fazer intercâmbio agrícola na Holanda, que tenha produção de flores, mas que tenha outras culturas, como horticultura, e criação animal, é possível?

    Não. Você deve escolher somente uma área para intercâmbio agrícola. Dificilmente uma fazenda terá mais de uma atividade tão diferente da outra.

    Pretendo me formar e depois ir pra Holanda, é possível?

    Não, para Holanda, é preciso estar estudando e/ou vinculado a alguma instituição de ensino, podendo ser graduação, mestrado, pós, desde que o estudo seja comprovado por cartas, que há necessidade de ir para Holanda.

    Quanto tempo posso ficar?

    De 3-6 meses. Sempre com a volta em novembro, já que é um requisito do país.

     

    10 Nova Zelândia

    É possível participar dos programas de intercâmbio agrícola na área geral de horticultura na Nova Zelândia?

    Não. Por enquanto não temos programas nessa área na NZ.

     

    11 Canadá

    Qual o melhor período para intercâmbio agrícola no Canadá?

    Meses de Março/Abril até Setembro/Outubro é o ideal. Intercâmbio agrícolas de 12 meses são mais difíceis, porém é possível também, com criação animal por exemplo, suinocultura, bovinocultura de corte e leiteiro.

     

    12 Estados Unidos

    Gostaria de saber qual a cultura mais se destaca nos EUA?

    Não existe uma cultura específica. Mas eles produzem muito: grãos, carne, leite, hortaliças, frutas, etc.

    Onde é o melhor lugar para intercâmbio agrícola nos EUA?

    O cinturão agrícola produtivo é localizado no centro-norte do país, estados de Iowa, Illinois, Minnesota, Dakotas, Montana entre outros. Mas temos intercâmbio agrícolas em praticamente todos os estados, com ênfase no cinturão agrícola.

    Posso escolher a região ou Estado nos EUA?

    Não. A escolha para qualquer país é feito pelos coordenadores no exterior. Ao não ser que você já tenha o local do intercâmbio agrícola (pré-placement).

    Qual o melhor período para os Estados Unidos?

    Os EUA têm climas variados. Ao norte com inverno rigoroso e ao sul praticamente sem inverno, portanto temos intercâmbio agrícolas o ano todo, apesar de concentrar mais no cinturão agrícola ao norte, nos meses de Março a Outubro.

    Termino o curso de Agronomia no mês de Julho, posso participar?

    Depende, desde que mande os documentos (Application Form) com mais antecedência.

    Tenho interesse é em Eqüinos, eu pratico hipismo e adoro cavalos, sei bem Inglês, será que posso participar?

    Sim. Desde que vpcê tenha experiência prática na área. Você deve enviar seu formulário de aplicação (Application Form) e colocar todas as suas experiências com Eqüinos, que será analisado. Com certeza você poderá participar, desde que consciente que este é um intercâmbio agrícola prático (trabalho) com Eqüinos e não um hobby.

     

    Áreas de Intercâmbio agrícola

     

    13. Agricultura

    Quais são os trabalhos em um intercâmbio agrícola de grãos?

    Operações de máquinas e equipamentos agrícolas, tais como tratores de grande porte (acima de 300 hp), colheitadeiras, caminhões para transporte dentro de fora da fazenda. Carregar, transportar, plantar, colher, consertar, dar manutenção e lubrificação de máquinas e equipamentos, controle de secagem e pesagem de grãos, são alguns dos trabalhos em uma propriedade de “field crops”.

     

    14. Bovinocultura de corte e leite

    Quais são as principais atividades em um intercâmbio agrícola com criação animal?

    O intercambista irá aprender a trabalhar com alimentação, formulação de ração, uso e aplicação de medicamentos, vacinação, castração, pesagem e controles administrativos, ferrar e brincar, técnicas de manuseio, embarque e desembarque de animais, inseminação artificial, concerto e manutenção de cercas fixas e elétricas na propriedade, reparo e manutenção em tratores, carretas e equipamentos, organizar escritórios e oficinas, enfim todos os trabalhos em uma propriedade rural com criação animal.

    Quais os tipos de maquinários usados nas fazendas de Pecuaria de Corte ou de Leite?

    Além da Ordenha mecânica, são existem muitos equipamentos que são ligados aos tratores, como no Brasil e outros de maior porte que não se vê no Brasil. Mas na maioria são tratores para carregar ração, feno, maquinas de fabricar e misturar ração, cortar e enfardar feno, fazer silagem, etc.

    Sou estudante de veterinária estagiar com reprodução de bovinos, tem como?

    Depende. Os programas de intercâmbio agrícola, nas áreas de bovino de corte, leite e suínos, são voltados para zootecnia. Ou seja, para produção. Dificilmente, você trabalhara somente na etapa de reprodução. É comum os intercambistas trabalharem em diversas áreas da produção.

     

    15. Eqüinos

    Penso em fazer intercâmbio agrícola com Eqüinos daqui um ano. Estou fazendo intercâmbio agrícola no Brasil para ter mais experiências. Preciso fazer intercâmbio agrícolas específicos com Eqüinos para comprovar a experiência?

    Sim. O programa de equinos é muito exigente com a experiência pratica do candidato.

    O que se faz em um intercâmbio agrícola com Eqüinos?

    Os trabalhos Eqüinos vão desde a limpeza de estábulos, trabalhos com os potros, acompanhamento veterinário, dar banho, medicar, alimentar, preparar os cavalos, etc.

    Sou recém formado em veterinária, posso participar na área de Equinos?

    Sim. Desde que tenha experiências com eqüino comprovado através de cartas de referências. E também interesse em fazer um intercâmbio agrícola pratico com Eqüinos.

    Técnico agrícola também pode fazer intercâmbio agrícola com Eqüinos?

    Sim. Todos os intercâmbio agrícolas do CAEP são práticos e exigem experiências e interesse na área escolhida. Portanto todos podem participar.

     

    16. Floricultura

    Quais são os trabalhos em um intercâmbio agrícola com flores de corte?

    Os intercambistas serão envolvidos com a colheita, removendo ervas daninhas, irrigação, controle de temperatura, controle de pragas, corte e preparo de flores para o transporte e venda no varejo e produção de mudas.

    Sou estudante de Agronomia, tenho interesse na área de agricultura ou plantas de vasos ou flores ou olericultura. Mas como trabalho também com entomologia, existe essa área para intercâmbio agrícola?

    Não especificamente. Mas se você escolher fazer um intercâmbio agrícola com produção de plantas em uma Greenhouse, por exemplo, terá a oportunidade de trabalhar e ver na prática todos os controles de pragas e insetos.

     

    17. Fruticultura e Olericultura

    Quais são as produções em Vegetable?

     Hortaliças, Legumes e Verduras são as produções de "Vegetable".

    Quais são os trabalhos em um intercâmbio agrícola com Fruticultura e Olericultura?

    Os intercâmbio agrícolas com produção com Frutas e Vegetais inclui trabalho com muitas variedades de vegetais, de frutas de clima temperado, de frutas leves, e maçãs. Inclui propriedades desde pequeno porte até as mais grandes propriedades comerciais de produção. As atividades incluem preparação de solo, plantio, adubação, irrigação, controle da erva daninha e de insetos, poda, propagação, polinização, colheita, classificação, processamento, empacotamento, armazenamento, distribuição e as vendas (nos mercados de produtores).

     

    18. Tree Nursery – Viveiros e mudas

    Quais são os trabalhos em um intercâmbio agrícola com Tree Nursery – Viveiros e mudas?

    As atividades incluem preparação do solo, controles de estoque, cultivação e plantio de mudas, processamento e carregamento para vendas, controle de pragas, poda, irrigação entre outras atividades.

     

    19. Vinicultura - Enologia

    Sou produtor de uva e vinho no Rio Grande do Sul (agricultura familiar), posso participar?

    Sim. Desde que você tenha um nível de Inglês suficiente para ser aprovado. A experiência prática você deve comprovar com cartas de referências conforme as orientações do formulário de aplicação (Application Form).

    Existe intercâmbio agrícola de Enologia para 12 meses?
    Não. Os intercâmbio agrícolas de vitivinicultura são nos meses da colheita da uva e fabricação do vinho nas vinícolas de agosto-novembro.

    Quais são as áreas disponíveis em enologia?

    Cellar: produção de vinho

    Laboratório: análises laboratoriais do vinho.

    Não há atividade de produção de

     

    20. Local do intercâmbio agrícola

    Temos como fazer intercâmbio agrícola em uma fazenda perto da cidade?

    Não. A colocação nas fazendas quem faz são os Coordenadores no exterior.  Pode ser uma fazenda melhor localizada (perto de centros) como pode ser mais distante. Esta condição NÃO pode ser uma exigência do candidato, pois se trata de um intercâmbio agrícola em fazendas.

    Antes da viagem para o exterior, saberei o destino (Estado, Cidade)?

    Sim. Depois de confirmado a sua colocação, você receberá o PA (Placement Advice), ou seja, a notificação da sua fazenda antes mesmo de solicitar o visto. Neste documento tem todas as informações do seu intercâmbio agrícola.

    Que tipo de informação tem no PA (Placement Advice)?

    Endereço completo da fazenda com telefone e e-mail, aeroporto que você deverá chegar, datas de início e término do seu intercâmbio agrícola, descrição de todas as atividades da fazenda, muitas vezes mês a mês, informações da comunidade e lazer, valor da remuneração, nome do seu coordenador no exterior, entre outras informações importantes.

    Como são os alojamentos?

    Quando na casa da família (proprietário da fazenda), você terá um quarto e dividirá o resto da casa com os demais membros da família. Se for alojamento separado, será um trailer ou outra casa dentro ou fora da fazenda, com todas as facilidades necessárias (fogão, geladeira, microondas), inclusive máquinas de lavar e secar roupas.

    Quais são as cargas horárias de trabalho?

    Independentes da área de intercâmbio agrícola são entre 50 e 60 horas de trabalho. Isso pode variar dependendo da época do ano.

    Qual a garantia que irei estagiar exatamente na área que solicitei?

    Caso a CAEP não consiga exatamente na sua área, você será notificado (e-mail ou telefone) sobre as possíveis alternativas, que você poderá confirmar no seu PA – Placement Advice, ou notificação do intercâmbio agrícola.

    Sou aprovado pela CAEP no Brasil, mas estou trabalhando, qual o prazo para me desligar dos trabalhos?

    Depois de aprovado no Brasil, o prazo para receber a notificação do local do intercâmbio agrícola é de 30 a 90 dias.

     

    21. Pagamento das taxas

    No caso dos EUA, os valores parcelados no exterior são possíveis de quitação?

    Sim. Você irá receber os boletos para pagamento e você poderá pagar antes dos vencimentos.

     

    22. Troca de fazenda

    Se eu não gostar da fazenda, posso mudar?

    Depende dos motivos que o levaram a querer trocar de local do intercâmbio. Você deve expô-los ao seu coordenador que irá analisar o seu ponto de vista e os seus desempenhos nas atividades, para avaliar se há possibilidade de troca.

    O que fazer quando tiver algum problema?

    Recomendamos sempre comunicar ao seu host (fazendeiro). Ele é o primeiro que poderá lhe ajudar mais rapidamente. A coordenação do CAEP poderá lhe ajudar sempre que for necessário.

    Cheguei ao meu país e não gostei da área escolhida, posso trocar?

    Depende. Você deverá considerar a sua área de interesse antes de viajar. Para trocar de área você deverá ter motivos convincentes e conversar com o seu coordenador no exterior.

    Posso ir de um país direto para outro país para intercâmbio agrícola?

    Não. Todo visto para esta categoria de Intercâmbio deve ser processado no Brasil.

    É possível ficar em mais de uma fazenda no período de 12 meses?

    A princípio, não. O seu programa é destinado apenas a um local de intercâmbio. Também não podemos garantir que o seu período será de 12 meses, uma vez que cada área tem um período específico.

     

    23. Assistência

    Que tipo de assistência a CAEP oferece?

    Os coordenadores da CAEP oferecem assistência aos alunos que precisam de alguma ajuda, seja apenas com informação ou mesmo em caso de troca de fazenda. Lembramos que os coordenadores são pessoas que estarão lá para lhe ajudar oferecendo todo suporte necessário.

    Já tenho o local do intercâmbio agrícola no exterior, o que devo fazer?

    Deverá enviar o Formulário (application) e demais documentos preenchidos normalmente. Ao mesmo tempo, você deverá nos avisar sobre a sua pré-colocação e em qual fazenda você está pré-colocado para avaliarmos se já temos convênio com a mesma ou se será necessário firma-lo.

    Tenho um amigo pela CAEP. Ele recomendou eu ir para a fazenda dele, é possível?

    Sim. Desde que você tenha as qualificações para participar do intercâmbio. Você deve fazer os mesmos procedimentos normalmente para o intercâmbio e desde que o host da fazenda do seu amigo te aceite previamente.

    Durante o intercâmbio agrícola quem irá me orientar?

    Você terá orientação do próprio fazendeiro na grande maioria do tempo, pois é como se fosse um intercâmbio agrícola em uma empresa no Brasil. Durante seu período no exterior terá assessoria da Coordenação do intercâmbio e possivelmente algumas visitas de supervisores, dependo do país e região do intercâmbio agrícola.

     

    24. Alojamento e casa de família

    Como são os alojamentos?

    Na grande maioria são simples, porém confortáveis. Em casa de família, geralmente o intercambista terá um quarto e terá que compartilhar o restante da casa com a família. Em alojamentos separados será um trailer, casa ou apartamento com todas as facilidades, como cozinha, banheiro e área de serviço.

    Posso exigir alojamento separado ou casa de família?

    Não. Quando a coordenação encontra uma fazenda para intercâmbio agrícola nem sempre atende a preferência do intercambista.

    O que o fazendeiro oferece no alojamento?

    Alimentação e material de limpeza. Objetos de uso pessoal como xampu, sabonetes são por conta do intercambista e podem ser comprados em supermercados locais. Não precisa levar estoque do Brasil.

    Terei que lavar as minhas roupas?

    Sim. Na grande maioria das vezes sim. Porém é sempre muito fácil, pois nas fazendas tem máquinas de lavar e de secar. Observação: uma roupa ou macacão de serviço pode ser lavado e secado a noite e estar pronto para o uso no dia seguinte devido às facilidades.

    Preciso levar roupas de cama?

    Não.

    Em quais casos devo pagar pelo alojamento?

    Somente quando você receber a remuneração superior ao valor mínimo combinado.

     

    25. Remuneração

    Como é feito o pagamento da remuneração?

    Você irá receber por hora, por quinzena ou por mês. O fazendeiro paga através de cheque/depósito/dinheiro. Se for através de cheque você deverá ir até o banco para trocar. O fazendeiro irá lhe orientar a fazer tal procedimento, assim como irá orientá-lo a abrir uma conta bancária se necessário.

    Como faço para abrir uma conta?

    Após 15 dias nos EUA, o fazendeiro irá levar você para fazer o Social Security, como se fosse o CPF. Com ele + passaporte + DS2019, você conseguirá abrir a conta nos EUA.

    Existem fazendeiros que remuneram mais do que o valor mínimo?
    Sim. Em muitos casos quando o intercambista tem um bom desempenho nas atividades. A remuneração a mais pode ser de outras formas como benefícios, bônus, férias, passeios, viagens, etc. Lembramos aos candidatos a intercâmbio agrícola que a remuneração não deve ser o principal motivo de interesse ao intercâmbio agrícola.

    Se eu trabalhar a mais, vou receber hora extra?

    Não. Depende o país e do fazendeiro. Mas em muitos casos não receberá. Este é um programa de intercâmbio agrícola.

    Posso fazer outros serviços fora da fazenda?

    Não.


    26. Gastos Pessoais

    Quais serão os gastos pessoais de um intercambista?

    Na fazenda você terá alojamento, porém a alimentação fica por conta do intercambista (comprar a própria comida e cozinhar). Além dos gastos pessoais com materiais de higiene pessoal, roupas, sapatos, contas telefônicas, lazer e viagens. Muitos intercâmbistas compram carros para terem mais liberdade e comodidade para sair nos finais de semana.

    O valor da remuneração dá para se sustentar?

    Sim. Tem alunos que gastam mais outros menos. Mas em geral a remuneração é considerada muito boa, visto que os jovens não têm gastos com alojamento.

    O custo de vida é alto?

    Depende de como o intercâmbista gere sua remuneração. Uns compram mais, passeiam mais, vão a restaurantes caros, etc. E por isso, terão custo de vida mensal maior. Já outros poupam mais, saindo menos, viajando menos, etc, e consequentemente, terão custo de vida mensal menor.

     

    27. Tempo Livre

    O que os intercâmbista mais gostam de fazer no tempo livre?

    Geralmente saem à noite, vão a bares e restaurantes, festas na cidade ou dos amigos. Visitam feiras e exposições, vão a cidades maiores, shoppings, cinemas, shows e eventos e estudam.

    Posso ficar sempre na fazenda para poupar meu dinheiro?

    Depende. Nem sempre esta é uma boa opção. As oportunidades do intercâmbio não estão somente na fazenda e nos trabalhos. Saber conciliar trabalho e lazer é importante e deve ser praticado sempre que possível.

    Posso estudar no tempo livre?

    Sim. Você tem duas situações. Uma é estudar por si só na própria fazenda. Outra opção que nem sempre é possível (devido a localização do intercâmbio), é frequentar aulas na escola próxima da comunidade, quando existir essa oportunidade.

     

    28. Sou formado

    Posso fazer o intercâmbio agrícola no exterior depois de formado?

    Sim, para a maioria dos países, porém, para a Holanda é necessário que o participante ainda esteja vinculado a uma instituição de ensino agrícola.

    Faço curso superior na área agrária (agronomia, veterinária, zootecnia, etc). Mas não tenho nenhuma experiência prática! Posso participar do intercâmbio?

    Um dos requisitos fundamentais para participação nos programas de intercâmbio agrícola, é a experiência prática. Por isso neste caso, recomendamos que se busque a experiência pratica primeiro para depois participar do programa.

    Como é feita a escolha da fazenda que irei estagiar?

    A coordenação do pais de interesse, manda o application do participante para os fazendeiros/empresários da área de interesse. E são eles que escolhem os intercambistas para a temporada seguinte. Por isso é tão importante preencher os requisitos de experiência pratica e nível de inglês, porque são fundamentais para uma colocação ser confirmada.

    Lembrando que cada área tem uma experiência pratica e nível de inglês específicos.

     

    29. O que devo levar ao exterior

    É necessário levar muitas roupas para ficar no exterior?

    Não. Fazemos essas orientações antes de os alunos embarcarem. Recomendamos que os alunos levem poucas roupas e de preferência as que mais gostam. Todo intercambista ao retornar ao Brasil, após um ano, terá muita bagagem, podendo pagar excesso de peso. Roupa no exterior costuma ser barato e comprando lá será apropriado para o clima da região.

    Preciso levar algum presente ou lembrança ao meu host?

    Isso fica a critério de cada um, mas nós recomendamos, pois esse é um gesto muito importante, que demonstra gratidão pela família que vai te hospedar.Eles vão realmente gostar. Pode ser um simples objeto que simboliza ou lembra o Brasil. Se você deixar para comprar de ultima hora, nos aeroportos, pode custar mais caro!

     

    30. Treinamento

    A CAEP faz algum tipo de treinamento prático antes de viajar?

    Não. A CAEP parte do princípio que todo aluno interessado já tenha experiência prática na área de interesse no exterior. Portanto não necessitamos de fazer nenhum treinamento. Alunos das Escolas Agrícolas desenvolvem durante o curso várias atividades práticas. Alunos de cursos acadêmicos e que não sejam produtores rurais exigimos que tenham feito durante o curso, alguns intercâmbio agrícolas práticos na faculdade.

     

    31. Seguro saúde

    O que o seguro saúde cobre no exterior?

    O seguro saúde do exterior não funciona como nosso plano de saúde aqui no Brasil. Ele cobre somente situações de real emergência. Exames e consultas de rotina não estão cobertos.

     

    32. Férias e viagens

    É fácil viajar nos Estados Unidos?

    Sim. Muitos intercambistas aproveitam suas férias, em comum acordo com a família, para viajar, geralmente em companhia de amigos, vizinhos ou parentes que vão visitá-los. Quando uma viagem é bem programada, pode custar bem barato e se dividido em mais pessoas, melhor ainda! Muitos viajam de carro, conhecendo o país, ou de avião, visitando os grandes centros. Essa é uma grande oportunidade de conhecer lugares novos durante sua permanência no exterior.

    Posso visitar uma feira agropecuária ou um show qualquer?

    Sim, você sempre poderá ir, desde que combine antes com a família, verificando se você pode realmente estar saindo naquele período. Não esqueça de dizer onde está indo, com quem e quando volta, mantendo-a informada.

     

    33. Ter Sucesso

    O que devo fazer para deixar minha família (host) satisfeita comigo?

    Ser atencioso, trabalhador, procurando fazer não somente o que lhe for pedido. Estar sempre disposto e pronto para qualquer atividade, ajudar nas tarefas da casa no tempo livre, manter seu quarto organizado e limpo e estudar inglês para que possa ter mais entrosamento com sua família.

     

    34. Responsabilidade

    O que acontece se for pego tomando bebida alcoólica com menos de 21 anos de idade?

    Se for pego por algum policial em um bar, será multado e se for pego dirigindo embriagado, será preso e deverá pagar fiança, conseqüentemente, se causar transtornos, será dispensado do Intercâmbio agrícola. Portanto fique atento! As leis no exterior, realmente são cumpridas a rigor!

    Posso ficar por lá trabalhando, após o término do intercâmbio agrícola?

    Não. Assim que terminar o intercâmbio agrícola, seu programa será finalizado.

    O que acontece se eu não souber fazer um determinado tipo de serviço?
    É normal que isso aconteça, pois você não está acostumado com as técnicas utilizadas naquele país. Sempre peça para te explicarem detalhadamente, caso não entenda, peça para que te mostre na prática. "Show me how to do it!".

     

    35. Visto

    Quanto tempo pode permanecer nos EUA após o término do intercâmbio agrícola?

    O visto J1 de intercâmbio permite que você fique até 30 dias após o termino do seu programa, caso queira viajar. Se você ficar além desse tempo, você será considerado ilegal.

     

    36. Comportamento

    Posso receber amigos/familiares para se hospedar no meu local de intercâmbio?

    Geralmente não, os alojamentos comportam somente os intercambistas.

     

    37. Outros

    A passagem aérea tem que, obrigatoriamente, ser adquirida pela CAEP BRASIL?

    Não necessariamente. Você tem a liberdade de comprá-la em sua agência de preferência, caso tenha uma oferta melhor. Porém, você deve desembarcar no aeroporto que estará indicado quando sua colocação for confirmada. E deverá nos comunicar sobre a compra, repassando todos os dados do bilhete aéreo. Se isso não for feito, você poderá ter problemas na sua chegada ao país de destino.

    Tenho 28 anos. Ainda posso me inscrever?

    Sim. Mas lembre-se que todo o processo deve ser feito e encaminhado para que você tenha condições de iniciar o intercâmbio agrícola antes de completar 29 anos. Para quem está para completar ou já completou 29 anos e mesmo assim tem interesse em participar, pedimos que faça a inscrição e iremos analisar seu Application. Somente liberamos os interessados que apresentam boas habilidades. Quem impõe a regra da idade é o governo de cada país e não o CAEP BRASIL. Sendo assim, um candidato com forte potencial tem mais facilidade de ser aprovado.